Prefeitura de Bom Principio realiza palestra sobre câncer de mama “OUTUBRO ROSA”

O Outubro Rosa é uma campanha mundial que tem como objetivo a conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, um dos mais prevalentes entre as mulheres de todo o mundo e que, se diagnosticado precocemente, apresenta grandes chances de cura. Por esse motivo – e para marcar o Outubro Rosa – foi realizada, na manhã de hoje, segunda-feira 22 de outubro na Unidade Mista de Saúde Joana de Moraes Souza, uma palestra com a Acadêmica de Medicina Amanda Torres, que discutiu o tema com funcionários da saúde e população presente.

Acadêmica de Medicina, Amanda Torres (Palestrante)
Manter hábitos de vida saudáveis e fazer sua mamografia a cada dois anos, dos 50 aos 69 anos de idade, são pontos-chave para a prevenção e diagnóstico precoce. Conforme foi explicado, o câncer é o crescimento de forma desordenada de células doentes de alguma região do corpo.

                              Prefeito Apolinário Moraes
Ainda de acordo com a palestrante, o histórico familiar é um importante fator de risco para o câncer de mama. ‘Mulheres com parentes de primeiro grau (como mãe ou irmã) podem ser mais vulneráveis”.

O evento contou com a presença do prefeito Apolinário Moraes, que ao fazer uso da palavra, parabenizou os organizadores do evento e, falou da importância em fazer atos voltados à saúde de nossa população, principalmente no caso em pauta, que é a prevenção do câncer de mama.
Para a secretária municipal de saúde, Naiara Carvalho, a detecção precoce é uma estratégia fundamental na luta contra o câncer de mama. “Se essa é a melhor estratégia, a principal arma para vencer a luta é a mamografia”.
A partir dos 40 anos de idade os riscos da doença começa a aumentar significativamente. A mamografia é o único exame diagnóstico capaz de detectar esse tipo de câncer quando ele ainda tem menos de um centímetro. Com esse tamanho, o nódulo ainda não pode ser palpado. Mas é com esse tamanho que ele pode ser curado em até 95% dos casos, disse a secretária.

Durante a palestra, foi enfatizada por outros profissionais da saúde a importância do autoexame e relembrados cinco hábitos que ajudam a prevenir a doença: manter o peso ideal, ter uma alimentação saudável, praticar exercícios físicos regularmente, reduzir a ingestão de álcool e, claro, estar em dia com os exames preventivos. Antes de finalizar, Amanda Torres que conduziu o momento alertou que os homens, embora com menor incidência, também estão vulneráveis à doença.

                    Coordenador da Atenção Básica, Jeferson Araújo
“Na ocasião, foi realizado diversas atividades físicas com a profissional em educação física, Patrícia Rabelo”.

      Estagiária em enfermagem, Edilene Pareira

     Estagiária em enfermagem, Claudia Rodrigues

                             Estagiário em enfermagem, Brenner

  ASCOM CMBP
Compartilhe...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *